Translate

09/12/2012

Os sonhos acontecem pelas nossas mãos



Caros visitantes virtuais,
Os sonhos acontecem pelas nossas mãos.
Sou um leitor regular que gosta de escrever. Um dia escrevi um conto que enviei para uma Câmara Municipal por achar que estando relacionado com a cultura local, poderia gerar interesse.
Nada esperei, porque já muitas vezes tive iniciativas que ficaram perdidas no vazio, mas a minha atitude é sempre de esperança pelo que continuo a enviar o que entendo para onde entendo, mesmo sabendo que são mais os vazios e os silêncios. Raríssimas vezes há acolhimento, são essas vezes que fazem a diferença.
Assim, a Câmara Municipal de Oleiros, gostou do conto que escrevi, inspirado na figura de um carteiro, convidou-me a transformá-lo em peça de teatro, e esta vai ser representada.
A esperança constrói-se com as nossas mãos e é feita de pequenos gestos que para nossa alegria estimulam a continuação da criatividade. Face a estes gestos positivos de que se faz a vida, os sonhos acontecem e os vazios e silêncios reduzem-se à sua insignificância, pois não representam nada, o que algo representa é o que nos leva a construir, a acreditar e a ir em frente.
Caro visitante virtual, atreva-se a gestos audazes e positivos que moldem e empurrem os seus sonhos. E, partilhe neste blogue as suas boas notícias, elas serão palavra de esperança que é a razão de ser deste espaço.
Um abraço virtual.
C.C.